sábado, 2 de outubro de 2010

Ossobuco estufado com massa


Voltei a cozinhar ossobuco de porco, mas desta vez experimentei estufar a carne e cozer a massa no mesmo molho.
Estava com medo de não resultar, mas afinal ficou muito bom :)


- Temperei o ossobuco com vinho tinto, sal, colorau, orégãos e alho em pó


- Fiz um refogado com azeite, cebola às rodelas, alho picado, louro e pimento vermelho aos cubinhos, e deixei alourar

- Passei a carne por farinha (para impedir que o tutano saísse ao cozinhar) e coloquei-a sobre o refogado, deixando cozinhar ligeiramente de ambos os lados

- Juntei vinho branco e vinho tinto em partes iguais, quase até cobrir a carne

- Temperei com sal e juntei polpa de tomate, mexi e deixei cozinhar em lume brando

- No total, o ossobuco cozinhou durante umas 2 horas (até a carne começar a querer separar-se do osso), mas eu fui vigiando e acrescentando água


- Quando a carne estava praticamente cozinhada, juntei a massa, garantindo que tinha água suficiente para a cozinhar

2 comentários:

JS disse...

Vou confessar uma coisa... Não faço ideia o que é ossobuco, nunca comi nem nunca vi. (Que eu saiba)
Já no outro dia alguém disse-me que tinha almoçado ossobuco... *-)

HVCA-CozinhaPontoCome disse...

Olá JS,
Ossobuco significa "osso com buraco", e eu penso que é uma "rodela" cortada na zona da canela, apanhando o osso no meio. Como o tutano está exposto, acaba por contribuir para o paladar do prato.

É preciso cozinhar durante bastante tempo, mas depois fica extremamente tenro.