terça-feira, 12 de outubro de 2010

Mesa redonda - intransigência culinária?

Conheço pessoas que seguem sempre receitas à risca, e que não põem a hipótese de mudar, retirar ou acrescentar algo.
Por exemplo, tenho uns amigos italianos para quem as receitas são quase sagradas. As massas, então, só podem ser cozinhadas como eles cozinham. Quando eu lhes disse que muitas vezes cozinho a massa juntamente com carne ou legumes, eles ficaram completamente chocados, e disseram praticamente que era um espécie de "insulto".

Eu penso de maneira muito diferente. Gosto imenso de inventar e experimentar formas de cozinhar e combinações diferentes. Desta forma tenho descoberto pratos bem interessantes.
Não me importo de misturar carne com peixe ou com marisco, de colocar legumes em qualquer prato, de cozinhar massa ou arroz de muitas formas diferentes, ...

Acho que isso não significa minimamente que esteja a desrespeitar os pratos tradicionais. Esses, continuo a fazer da mesma forma. Mas o ano tem muitos dias, e em cada dia há 2 refeições ;) Dá para experimentar tudo e mais alguma coisa!

E vocês, como fazem? Que opinião têm acerca deste assunto?

7 comentários:

Paulinha disse...

Concordo plenamente!
As receitas originais sao para mim uma receita base, em que depois, se me apetecer, mudo-a conforme os nossos gostos.
Ou retiro um ingrediente ou acrescento dois ou três. Vai da vontade e do gosto de cada um.
Se todos pensassemos como o casal amigo italiano, não havia inovação a nível culinário.
E tal como dizes, o ano é tão grande e temos tantos dias para cozinhar porque nao cozinhar sempre diferente para nao cair na monotonia?

beijinhos

Manuela disse...

Acho que toda a gente que gosta de cozinhar, gosta de inovar. Eu faço muitas vezes arroz de polvo, pois é um prato muito querido cá em casa e nunca o faço da mesma maneira. Há sempre um toque diferente. Se fossemos todos puristas, não existiam novos pratos e novos temperos :)

JS disse...

Concordo com o comentário anterior, as pessoas que gostam mesmo de cozinhar não seguem as receitas à risca. Eu pessoalmente, não sou uma seguidora de receitas, gosto muito de inovar, conjugar alimentos diferentes. Dar um toque pessoal a cada receita. E ainda não me arrependi.

Coelhinha disse...

Se existem pessoas seguem receitas sempre à risca, eu tenho o problema oposto, NUNCA consigo seguir uma receita à risca, e por vezes bem tento!!!Tenho sempre que dar um toquezinho, muitas vezes para pior!!!

As Minhas Sardas disse...

Concordo contigo e com os comentários anteriores... acho que não há um prato que me saia igual ao anterior, porque gosto de experimentar novos e diferentes ingredientes e especiarias... bem, se tivesse de fazer sempre igual, era uma grande seca!! Por vezes já é tão difícil não repetir as refeições, que a sorte é podermos inovar... embora na doçaria seja um pouco diferente, normalmente aí, sigo as receitas com os ingredientes e as doses certas!!

Beijinhos

Queen of Hearts disse...

Bem, eu não sei se não vou ser a excepção, mas eu sou uma pessoa muito literal em tudo :).

Por norma, se faço um prato por receita, sigo a receita ao milímetro, a não ser que seja obrigada a alterar por falta de utensílios ou ingredientes. Sigo sempre a receita religiosamente enquanto estou numa fase experimental ou menos à vontade.

Mas, uma vez familiarizada com a confecção do prato, dou-me ao prazer de inovar e inventar! A cozinha é um laboratório, onde se podem (e devem) experimentar os mistérios da alquimia! Tivesse eu um bocadinho mais de tempo para isso, e era bem feliz na cozinha, garantidamente! ;)

Kika disse...

Eu normalmente é tudo ao molho e fé em Deus. Sigo muito poucas receitas à risca! :)